Compartilhar o link por e-mail

Nem todos os campos necessários foram preenchidos
Bürkert - Perto de você
Escritório /1
  • Sede social
  • Sede
  • Systemhaus
  • Distribuidor
  • Escritório
  • Planta
  • Centro de logística
bürkert
 

Método de Medição Volumétrica: engrenagem oval

Princípio da engrenagem oval com a saída do pulso

Imprimir

Duas engrenagens de lóbulos justapostas são montadas dentro de um invólucro especial, que é montado perpendicularmente à direção do escoamento do fluido. As engrenagens de lóbulos são submetidas a um movimento de rotação em virtude do movimento do fluido. Ao girar as engrenagens de lóbulos aprisionam um determinado volume de fluido que fica confinado entre as paredes do invólucro e as superficies externas das  engrenagens de lóbulos. A rotação da peça oval bombeia este volume em direção à câmara de saída . Dois volumes de câmara por peça oval, totalizando assim quatro volumes, são bombeados por cada rotação. Um imã permanente posicionado em uma das engrenagens de lóbulos é usado para detectar o movimento de rotação. Um sensor Hall que detecta o campo magnético da peça oval e que gera um sinal  de onde quadrada é colocado externamente ao fluido num alojamemto para material  eletrônico. Um sensor de bobina não pode ser usado uma vez que a velocidade de rotação das engrenagens de lóbulos é muito baixa para permitir detecção  do sinal . O número de pulsos é diretamente proporcional ao número de volumes de câmaras bombeados.

Minha Lista de Comparação